estúdio de gravação

Estúdio de gravação: como escolher o ideal

Atualmente existe um grande movimento DIY (do it yourself) e acredito que tanto eu quanto você achamos isso muito bom!

É provável que se não fosse isso a maioria de nós não trabalharia com áudio, de uma forma ou de outra.

Mas quando falamos sobre projetos maiores, ou que tem necessidades específicas – ou até mesmo que tem um orçamento mais confortável – escolher o  estúdio de gravação de áudio certo pode ser a cereja do bolo do álbum (ou EP, ou single…).

A escolha de contratar ou não um estúdio de gravação terceirizado costuma ser de quem está produzindo o projeto.

Esse texto será útil tanto para um produtor musical contratado quanto para a banda. Existem pontos importantes para ambos os lados!

Vamos dar uma olhada em como escolher o estúdio de gravação ideal para o seu projeto?

Porque você precisa de um estúdio de gravação

Essa é uma dúvida muito comum, considerando que muitos produtores e músicos possuem seu próprio home studio, porque gastar dinheiro com um estúdio maior e mais caro?

Tudo depende de um ponto muito simples: a necessidade do projeto.

Contratar um estúdio de gravação não significa necessariamente pagar pelo Abbey Road, mas sim um estúdio que tenha o necessário para o seu projeto.

Basicamente, você precisa de um estúdio de gravação para o seu projeto porque você precisa cumprir um objetivo.

4 pontos para considerar ao procurar um estúdio

Acredite, o trabalho de listar e escolher o estúdio de gravação ideal para o que você precisa pode ser um trabalho árduo.

Opções demais para tempo de menos.

Pensando nisso, listei 4 pontos para você pesquisar enquanto estiver procurando estúdios. Esses pontos vão ajudar a focar a procura e evitar perdas de tempo.

1. Orçamento

A grana sempre será o maior limitador de qualquer escolha. Se não há dinheiro para pagar, não adianta contratar o serviço.

Na sua pesquisa você vai achar diversos espaços com preços variados. Tenha em mente o seu orçamento e vá escolhendo as melhores opções de acordo com o que você pode pagar.

Preços exorbitantes ou duvidosamente baixos podem ser excluídos de cara – nunca confie em quem desvaloriza o próprio trabalho .

Aproveite para criar uma lista com estúdios dentro de uma faixa média de preço.

Converse também sobre as condições de pagamento.

Alguns estúdios parcelam o valor no cartão (as vezes sem juros, as vezes com juros baixos) e isso pode facilitar o pagamento.

A vista, dê uma negociada. 🙂

2. O engenheiro de som/dono

É comum em alguns projetos o produtor responsável (ou quem está tocando a gravação) não ter muita experiência com gravação de áudio e os processos envolvidos.

Na verdade, é muito comum bandas escolherem o estúdio de acordo com o dono/engenheiro responsável pelo lugar, já que ele pode ser quem vai gravar o trabalho.

É importante conhecer o portfólio do profissional, se você está produzindo mas não tem experiência com gravação, ele pode salvar muitas dores de cabeça ao longo do processo.

Se você tem algum tipo de contato com o dono do estúdio de gravação, esse pode ser um fator positivo também, a negociação fica bem mais fácil.

Aqui em BH por exemplo, sempre tento agendar meus trabalhos com o Thiago do Studio Nafta, Fred Paco do Nebula ou o Reginaldo do Sarah Studio

3. O espaço

Esse é um ponto que pode salvar uma boa grana. Estúdios com salas de gravação gigantes custam consideravelmente mais caro do que estúdios de gravação com salas menores.

Se o som esperado de bateria para o álbum é uma bateria reggae, mais discreto e sem tanta ambiência, não existem razões para investir em um grande estúdio que vai ser bem mais caro.

Apesar de ser bem importante, as necessidades sonoras não são os únicos pontos afetados pelo espaço.

É preciso pensar: você precisa de várias salas isoladas ao mesmo tempo?

A banda cabe toda no lugar confortavelmente (com roadies, namoradas, amigos, etc)?

A vibe aqui é boa? O som da sala me agrada?

Não hesite em visitar o lugar para conhecer melhor as instalações. É uma oportunidade para bater um papo com o dono também.

4. Equipamento

Com certeza você quer contar com estúdios de gravação que tenham equipamentos de qualidade.

E, claro, que atendam as suas necessidades.

Produtores que têm estúdios próprios que não são tão grandes, costumam procurar estúdios de gravação para gravar bateria.

Assim não precisam sem preocupar com espaço e tem equipamentos de sobra para trabalhar.

Como estamos focando em estúdios de gravação, é importante considerar os equipamentos para a captação dos instrumentos.

É bom dar uma olhada na lista de microfones e prés, caso vá gravar a banda ao vivo confira o número total de canais disponíveis.

O monitoramento é importante também. Não adianta nada contar com microfones e prés estelares, se o que você escuta não é fiel.

Uma boa dica: leve CD’s que você está costumado a ouvir para a session e coloque para tocar enquanto começa a organizar tudo.

É uma boa forma de conhecer a sala e como ela reage a diferentes instrumentos.

Não considero a DAW algo tão importante agora.

Claro, Pro Tools é o escolhido na maioria dos grandes estúdios, mas sempre existe a possibilidade de exportar os waves e importar na sua DAW.

A maioria dos estúdios possui uma lista dos equipamentos disponível no site, isso facilita tudo.

Juntando tudo e escolhendo o estúdio

Essa é a parte fácil! Reúna a banda, mostre as opções e escolha o estúdio de gravação ideal para o álbum.

A forma mais rápida de eficiente de fazer a escolha é listar forças e fraquezas, e achar o vencedor.

Na maioria das vezes a escolha costuma ser bem óbvia, mas caso existam dúvidas entre dois estúdios, a melhor pessoa para escolher é o produtor do projeto.

Conclusão

Agora que você já conhece as artimanhas para escolher o estúdio ideal para o seu projeto, mãos a obra! Coloque as dicas em prática e comece a produção do seu próximo trabalho!

Deixe suas dúvidas e comentários abaixo, aproveite para curtir e compartilhar nas redes sociais!

Ah! Mas não se vá ainda, separei um bônus interessante para você. 🙂

Confira!

Bônus: estúdios fodas para você conhecer

Uma das coisas que mais dá prazer para quem gosta de estúdios, música e produção musical [HYPERLINK] é conhecer grandes estúdios de gravação espalhados pelo país (e pelo mundo!).

Por isso, separei 4 grandes estúdios gringos e 5 grandes estúdios brasileiros para darmos uma olhada e abastecer o GAS!

6 grandes estúdios gringos

Electric Lady Studios

Em 1968 Jimi Hendrix, um dos maiores guitarristas que já pisou na terra, comprou junto com seu empresário Michael Jeffery uma boate desativada no Greenwich Village, The Generation, em NY. Lá, fundaram o famoso Electric Lady Studios.

Ao longo dos anos o estúdio foi imortalizado por sessões com os Stones, Led, Stevie Wonder, Patti Smith, David Bowie e centenas de outros grandes artistas.

electric lady studios
Electric Lady Studios
electric lady studio c
Electric Lady Studio C
electric lady studios
Electric Lady Studios

Capitol Studios

O Capital Studios foi inaugurado em 1956, em Hollywood – CA, pela Capitol Records e já gravou artistas consagrados, como Frank Sinatra e The Beach Boys.

capitol studios studio a
Capitol Studios – Studio A
capitol studios studio b
Capitol Studios – Studio B live Room
capitol studios control room studio a
Capitol Studios – Studio A Control Room

Olympic Studios

Originalmente um estúdio para TV e Cinema, o Olympic Sounds foi convertido para gravações em 1966 em Londres. Com capacidade para gravar uma orquestra de 70 músicos, foi palco para a gravação do álbum de estréia do Led Zeppelin e as faixas base de “All you need is love” dos Beatles.

olympic studios live room
Olympic Studios Live Room
olympic studios paul mccartney keith richards 1967
Olympic Studios – McCartney e Richards, 1967
olympic studios bb king
Olympic Studios – B.B King session
olympic studios control room studio a
Olympic Studios – Control Room A

Abbey Road

Talvez o mais clássico de todos os estúdios, ficou ainda mais famoso após os Beatles gravarem o famoso “The Beatles – Abbey Road”. Foi inaugurado em 1931 pela EMI como um estúdio para gravação de orquestras e peças para o rádio. Lá foi realizada a primeira transmissão ao vivo via-satélite, de “All you need is love” em 1967.

abbey road live room
Abbey Road – Live Room A
abbey road control room a
Abbey Road – Control Room A

EastWest Studios

O EastWest é um dos estúdios mais clássicos de Hollywood. O prédio era um mercado originalmente, passou a casino e estúdio de gravação para rádio. Nos anos 60 foi comprado e começou a funcionar como estúdio de gravação.

Milhares de álbuns já foram feitos lá. O estúdio 1 já recebeu Elvis, Michael Jackson, Marvi Gaye e Sinatra. O 2 Audioslave, RATM, RHCP, Nirvana e dezenas de outros. E o 3 The Mamas and the Papas, The Beach Boys e por aí vai.

east west studio live room 2
East West Studio – Live Room 2
east west studio studio 1
East West Studios – Live Room 1
east west control room 1
East West Studios – Control Room 1

The Church Studios

Como o nome já diz, The Church Studios era uma igreja londrina desde 1850. A partir de  1950 a igreja foi divida em duas partes: uma que ainda funciona como um lugar de adoração e outro explorado para atividades criativas.

Em 1980 mais partes da Igreja foram transformadas em estúdios que já gravaram uma grande variedade de artistas. The Eurythmics`, Bob Dylan, Radiohead, Depeche Mode e U2.

church studios live room 1
Church Studios – Live Room 1
church studios control room 2
Church Studios – Control Room 2
Church Studios – Control Room 2

3 grandes estúdios brasileiros

Mosh

O Mosh é um dos maiores e mais famosos estúdio do Brasil. Fundado em 1980 em São Paulo possui uma coleção invejável de equipamentos analógicos e grandes artistas sempre gravam e mixam seus trabalhos por lá.

mosh studios studio a
Mosh Studios – Studio A
mosh studios dda console
Mosh Studios – Console DDA Studio B
mosh studios control room sala vip
Mosh Studios – Control Room Sala VIP
mosh studios rack sala vip
Mosh Studios – Rack Sala VIP

Jardim Elétrico

A Gravadora Jardim Elétrico trabalha com produção, gravação, mixagem e masterização desde 2008 e conta com diversos equipamentos top de linha e salas muito bonitas de captação e técnica.

A Jardim Elétrico se localiza em Farroupilha no Rio Grande do Sul.

jardim eletrico live room
Jardim Elétrico – Live Room
jardim eletrico control room
Jardim Elétrico – Control Room

Midas Studio

Rick Bonadio (produtor responsável pelo sucesso do Mamonas Assassinas) montou em SP um dos estúdios que mais recebe artistas do Brasil inteiro. Conta com 3 estúdios recheados de equipamentos top de linha. Por lá já passaram desde CBJR a Wanessa Camargo.

midas studio rick bonadio ssl duality
Midas Studio – Rick Bonadio e a SSL Duality
midas studio sala c
Midas Studio – Sala C
midas studio live room
Midas Studio – Live Room

Até a próxima!

Receba os melhores conteúdos sobre áudio
Ebooks, posts e vídeos exclusivos direto no seu inbox.
CONFIRMAR
É gratuito e você pode se descadastrar quando quiser. 🙂

12 thoughts on “Estúdio de gravação: como escolher o ideal

Comments are closed.